Os processos financeiros de uma empresa

A Administração Financeira tem como objetivo maximizar os processo e valor de mercado da empresa a longo prazo. Sendo assim, trata-se de um sistema que se relaciona com outros de Gestão Empresarial, como os de planejamento, análise e controle do desempenho organizacional e gestão por processos. É responsável pela operação e controle dos recursos financeiros da empresa, determinação das suas necessidades de recursos financeiros, planejamento e inventário dos recursos disponíveis, além da captação de recursos externos.

Seguem, no resumo abaixo, quais são e para que servem estes processos, a saber:

 

Contas a Pagar e a Receber: Processo operado pela área de Tesouraria que operacionaliza os pagamentos e recebimentos, para dar suporte ao fluxo de caixa e demais processos financeiros;

 

Fluxo de Caixa: Processo que faz a ligação entre as projeções recebimentos e pagamentos e as decisões de captação e aplicação de recursos financeiros;


Captação de Recursos Financeiros:
 Processo que alinha a programação dos recursos captados nas várias linhas de crédito à disposição das empresas com o seu fluxo de caixa, visando reduzir os custos financeiros da empresa;


Aplicação de Recursos Financeiros:
 Processo que define e opera as aplicações temporárias de sobras de caixa, trabalhando preferencialmente com ativos financeiros de baixo risco e alta liquidez, também alinhado com o fluxo de caixa para dar confiabilidade aos compromissos da empresa;


Faturamento:
 Processo que controla as vendas, emite nota fiscal, emite ordem de transporte, contrata a logística, baixa estoque, gera obrigação ao comprador, como emissão de boletos e demais documentos de crédito;


Gestão de Crédito e Cobrança:
 Este processo tem duas atividades. A primeira analisa a capacidade de pagamento dos clientes, conforme as normas de crédito pré-estabelecidas pela empresa, e a segunda cuida de buscar o retorno dos valores não recebidos daqueles clientes que não saldaram seus compromissos junto a empresa;


Controle de estoque:
 É o processo que registra, fiscaliza e gere a entrada e saída de mercadorias e produtos da empresa. A parte física é realizada pela área de logística da empresa, enquanto a parte financeira é feita pela área gestão financeira/contábil;


Apuração de resultados:
 Processo que demonstra, de maneira clara e transparente, os lucros e perdas da empresa, apurando o saldo final de todas as contas; encerra todas as contas de receitas e despesas, que irão para a conta de Resultado do Exercício; contabiliza o imposto de renda, as participações estatutárias; transfere o lucro líquido do exercício para os lucros acumulados;


Gestão patrimonial:
 Processo que atualiza os valores monetários do patrimônio da empresa, através da contabilização e depreciação de seus bens imobilizados, a fim de ter um controle efetivo de todo o empreendimento da empresa. Neste processo estão as atividades de balanço patrimonial, identificação e baixa do ativo imobilizado, balanço das depreciações, e listas de bens por grupo;


Gestão orçamentária:
 Este processo tem como finalidade melhorar a rentabilidade da empresa, através de ajuste dos custos e despesas a sua real possibilidade de gerar receitas, de entender as incertezas e riscos do mercado e de expandir-se com solidez.

Os processos acima darão o suporte para a gestão de comunicação da empresa para com seu público, o qual é impactado pelas ações da empresa, como: instituições financeiras, clientes, acionistas, investidores, mercado, etc, dando assim visibilidade dos seus negócios e evidenciando seu posicionamento e organização perante o mercado.

A Hanna Consult possui expertise para auxiliar as empresas na otimização e implantação desses processos. Estamos a disposição para uma visita e diagnóstico inicial. Sucesso

Equipe Hanna Consult

Compartilhe